Sandra Tadeu é eleita vice-presidente da CCJ

Na manhã desta terça-feira (10/3), a Câmara Municipal de São Paulo realizou, no Plenário da Casa, reunião de instalação da CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa) para 2020. Durante a reunião, a vereadora Sandra Tadeu foi escolhida para a vice-presidência do colegiado.  O vereador João Jorge (PSDB) foi eleito presidente da Comissão. 

A CCJ é a responsável por emitir pareceres em relação à legalidade das propostas apresentadas na Câmara, ou seja, o processo de tramitação de cada projeto só tem início após parecer favorável dessa Comissão. Também cabe à CCJ dar encaminhamento às sugestões encaminhadas por entidades civis, como sindicatos e ONGs.

A vereadora Sandra Tadeu agradeceu a indicação dos vereadores e reafirmou seu compromisso em continuar trabalhando para que os projetos que favoreçam a cidade tenham celeridade. “Quero agradecer os meus colegas vereadores que confiaram a mim a vice-presidência da comissão. Nosso trabalho na CCJ é deliberar a constitucionalidade dos projetos dos vereadores, temos que tornar esse processo cada vez mais ágil. Assim, os PLs que contribuem para que a cidade continue avançando, nas mais diversas áreas, poderão ser votados rapidamente.

Os demais membros da CCJ são os vereadores Caio Miranda Carneiro (PSB), Celso Jatene (PL), Claudio Fonseca (CIDADANIA), George Hato (MDB), Rinaldi Digilio (REPUBLICANOS), Rute Costa (PSD) e Reis (PT).