Vereadora Sandra Tadeu irá presidir a CPI da Violência Contra a Mulher

Neste mês das mulheres, a Câmara Municipal de São Paulo aprovou a criação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Violência contra a Mulher. A vereadora Sandra Tadeu será a presidente da Comissão.

A parlamentar foi eleita através de votação no Plenário. A proposta da CPI é investigar os problemas relacionados à violência contra a mulher na cidade de São Paulo e encontrar medidas para diminuir os números dos casos.

“Essa é uma discussão que deve ser constante, porque os números são assustadores. Segundo o Ministério da Saúde, a cada quatro minutos, uma mulher sofre violência. E o número de feminicídios aumentou muito”, disse Sandra Tadeu.

A CPI será formada por sete integrantes, indicados pelas lideranças partidárias.

A instalação da CPI será realizada nas próximas semanas, e os encontros acontecerão a cada 15 dias.