Mande uma mensagem para a vereadora

(11) 9 3414-2500

Vereadora Sandra Tadeu apresenta projeto para a instalação da “Casa da Mulher Paulistana”

A vereadora Dra. Sandra Tadeu, que durante nove meses atuou com determinação à frente da presidência da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Violência Contra a Mulher, na Câmara Municipal, é autora do Projeto de Lei nº 656/20, que autoriza a criação da Casa da Mulher Paulistana nas regiões Leste, Oeste, Norte e Sul da cidade.

O objetivo é ampliar a rede de proteção e atendimento às vítimas de violência doméstica. Sendo assim, a Casa da Mulher Paulistana deverá oferecer apoio médico, psicológico, assistencial e jurídico às mulheres. O espaço estará autorizado a celebrar convênio e manter posto fixo dos serviços ligados ao Ministério Público e à Secretaria de Segurança Pública do Estado.

A parlamentar salienta que durante as reuniões da CPI ficou constatada a necessidade de melhorar as políticas públicas voltadas às mulheres, especialmente com o aumento do número de casos de violência na pandemia.

Estatísticas mostram que no primeiro semestre de 2020 o número de feminicídios cresceu 1,9% em relação ao mesmo período de 2019, sendo que no ano passado foram contabilizadas 648 vítimas e, em 2019, 636 assassinatos.

“Os números da violência contra a mulher são assustadores. A cada quatro minutos, uma mulher sofre violência no Brasil. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), somos o quinto país do mundo com mais casos de agressão e morte de mulheres, apesar da promulgação da Lei do Feminicídio em 2015. É preciso conscientizar a população e apresentar propostas que auxiliem as vítimas”, enfatizou a vereadora.